NAT PROFUNDA SITE.jpg

Janine Demenighi é Bióloga, Mestre em Desenvolvimento Rural e Educadora Social. Iniciou na Educação Ambiental há 16 anos, no Espaço Ambiente e Vida da Unisinos como estagiária do Mestre Paulo Fernando de Almeida Saul, cuja sabedoria compartilhada sobre percepção socioambiental e vivência de trilhas formaram a base do que veio depois. Percorreu pela educação não formal, formal, pública e técnica privada, trabalhando com crianças, adolescentes, jovens, adultos e grupos de mulheres. Atuou como oficineira na Horta da Santa Marta, educadora social nas comunidades da Vicentina, Paim, Cohab Feitoria e Vila Glória, ministrou disciplinas de Manejo e Recuperação Florestal e Sistemas e Ecossistemas no Curso Técnico em Meio Ambiente do Colégio Sinodal Portão e coordenou o Projeto Dourado de Campo Bom, desenvolvendo atividades de educação ambiental no contraturno, oficinas ambientais no turno de aula, trilhas interpretativas direcionadas à rede de ensino, projeto Natureza e Inclusão e vivências conjuntas com o Centro Ambiental e meio rural. Durante o mestrado, interdisciplinar, se aproximou da antropologia no estudo sobre memória, agricultura familiar e ambiente, e hoje, junto com seu marido Rafael Figueiredo, fundou a Toca. Coordenou, no último ano, o Projeto Jardins, Quintais e Cantos Verdes, desenvolvido junto à uma Organização Não Governamental de São Leopoldo, e atualmente trabalha como educadora ambiental e pesquisadora da Toca, tendo o manejo agroecológico como fio condutor das práticas . 

Vivência canteiros.jpg

Rafael Figueiredo é artista, poeta, educador social e meliponicultor. Músico de formação e letrista, deu seus primeiros passos na educação há 20 anos, quando começou a dar aulas particulares no conservatório em que estudava. Lecionou música no ensino formal e em instituições sociais, tendo sempre a arte como fio condutor na luta pela garantia de direitos. Atuou como Educador Social nas comunidades da Vicentina, Paim, Vila Glória e Caída do Céu em São Leopoldo e ministrou a oficina de teatro para adolescentes junto à Escola Estadual de Sapiranga. Elaborou e desenvolveu os Projetos Que lixo é esse?, Jardins, Quintais e Cantos Verdes e Escrita Criativa para Adolescentes (junto a instituições sociais de São Leopoldo) e Música, Corpo e Sociedade (na Casa de Cultura de Porto Alegre). Em 2020 publicou seu primeiro livro, Desventos, pela Editora Metamorfose, que faz a relação do resgate da memória e da escrita como mecanismos de sobrevivência em situações extremas e representa um retrato da desumanização dos hospitais psiquiátricos brasileiros. Nesse mesmo ano teve sua oficina Poesia e Letra de Música cedida para o Presídio Estadual de Santo Cristo, através de uma parceria com o Instituto Estadual do Livro. Em 2021 foi organizador, editor e um dos autores do seu segundo livro, Os Porquês da Poesia, este já na parceria entre os Selos Toca e Metamorfose. É  professor do Curso de Formação de Escritores da Editora Metamorfose (módulos Poesia e Letra de Música e Prosa Poética), mediador do grupo Narrativas Curtas da Editora Metamorfose, professor do Grupo Toca dos Poetas e um dos Coordenadores do Espaço Toca, que fundou juntamente com sua esposa Janine Demenighi e onde se dedica às abelhas nativas, cultivo agroecológico e poética.